Tendinite: como evitar e tratar

Dores no braço, sovaldi punho ou ombro são vistas como algo banal pela maioria das pessoas, que não se preocupam com esses sinais, até que eles se transformam num diagnóstico sério: a tendinite. De acordo com o ortopedista Jorge Bitun, chefe do serviço de Ortopedia do Hospital Villa-Lobos, uma vez instalada, a doença é difícil de tratar e, muitas vezes, reincidente. Mas tem cura.

O que causa a tendinite?
A tendinite é uma inflamação que acontece devido a uma sobrecarga dos tendões, estrutura que une o músculo ao osso. Está muito relacionada ao trabalho e pode acometer qualquer parte do corpo, mas que é mais recorrente nos ombros, punhos, cotovelo, joelho e tornozelo.

Para algumas profissões os riscos maiores, especialmente as que envolvem movimentos repetitivos, pois podem provocar uma sobrecarga no tendão. As pessoas que trabalham com computador, por exemplo, devem ficar atentas, pois os movimentos relacionados à digitação podem propiciar o aparecimento de uma tendinite em longo prazo.

Tratamento para tendinite
O médico explica que cada pessoa possui uma necessidade diferente em relação à prevenção e ao tratamento da tendinite, dependendo de fatores como a profissão e o biótipo. “É necessário adaptar o tendão para suportar o ritmo de trabalho de cada um. Alguém que digita 500 palavras por minuto precisa fazer uma musculação, alongar para deixar o tendão mais forte e assim suportar esse ritmo”, diz. Matricular-se em uma academia pode ser um bom começo para quem já enfrentou ou quer evitar a tendinite.

Leia este texto na integra no Bolsa de Mulher>> 

Fonte: Bolsa de Mulher

 

 

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Slider by webdesign