Perguntas e respostas sobre dor

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Jorgina santos de figueiredo disse:

    Essa noite, depois que me deitei, comecei a sentir uma forte dor no Metatarso que me impedia d dormir,. sem ter sofrido nem uma pancada. porque isso acontece?

  2. Sandro disse:

    A dor é um dos processos de doença que mais ocorrem nas pessoas em todo o mundo. Importante estes esclarecimentos e informações sobre dores crônicas.

  3. Bom dia,
    a dor é um sinal que algo está em desarmonia no seu corpo. É como se o corpo avissasse sobre algo que precisa ser tranformado.

    A dor pode ser tratada no Pilates, com Reeducação Postural Global, fisioterapia, microfisioterapia, terapias manuais, acupuntura e terapias com psicólogo, caso esta dor tenha fundo emocional.

    Consciência corporal significa um autoconhecimento do seu próprio corpo tanto internamente como externamente, interpretar sinais que o corpo e a mente oferecem e até perceber quando o corpo e a mente se apresentam próximo a um limite de exaustão, ajuda a prevenir dores, tensões e desvios posturais.
    Um método que auxilia na conscientização do seu próprio corpo e da sua mente é o Studio Pilates. Durante exercícios no Studio Pilates é possível estimular áreas do corpo que antes nunca foram estimuladas e também ter um maior domínio do corpo. A execução dos exercícios de Pilates são de forma precisa, Joseph Pilates costuma dizer que os exercícios devem ter excelência de movimento.
    Esse método é indicado para todas as pessoas, de todas as faixas etárias e qualquer condição física. Em geral, a duração de uma aula de Pilates é uma hora e pode ser feito várias vezes durante a semana. Caso a pessoa tenha disponibilidade de fazer 30 minutos, é extremamente recomendado uma vez que não importa o tempo, pelo menos dessa maneira a pessoa não deixa de praticar atividade física.

    Qualquer dúvida estamos a disposição
    Ft. Danielle Silva Costa
    Alpherat
    Seu corpo e sua mente no seu melhor estado
    Pilates- Fisioterapia- Estética- Psicologia- Especialidades Médicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*