Identificado gene que controla a dor crônica

Um gene responsável pela regulação da dor crônica, cialis sale chamada HCN2, foi identificado por cientistas da Universidade de Cambridge.

Aproximadamente uma em cada sete pessoas no Reino Unido sofre de dor crônica, recipe ou de longa duração, de algum tipo, sendo as mais comuns da artrite, dor nas costas e dores de cabeça.

A dor crônica tem duas variações principais. A primeira, cialis inflamatória, ocorre quando uma lesão persistente (por exemplo, uma queimadura ou artrite) resulta em uma maior sensibilidade das terminações nervosas, aumentando assim a sensação de dor.

Mais difícil é uma segunda variedade de dor crônica, a dor neuropática, em que o dano do nervo causa dor e hipersensibilidade aos estímulos.

A dor neuropática, que muitas vezes persiste ao longo da vida, é uma condição surpreendentemente comum e é mal tratada por drogas atuais. A dor neuropática é vista em pacientes com diabetes e afeta 3, 7 milhões de pacientes só na Europa, EUA e Japão.

Entre outras, a causa pode ser desde infecções, por exemplo do herpes zoster (cobreiro) até uma consequência da quimioterapia.

A dor neuropática é também um componente comum de dor lombar crônica e outras condições dolorosas.

O estudo, publicado em setembro de 2011 pela revista Science, abre a possibilidade do desenvolvimento de drogas para bloquear a proteína produzida pelo gene HCN2, a fim de combater a dor crônica.

Fonte: Cambridge University

Conheça a linha de produtos da Invel para alívio das dores.

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Latesha Locus disse:

    Obrigado pelas informações, vou continuar seguindo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Slider by webdesign