Cuidados com os pés

As dores nos pés causadas por problemas circulatórios e excesso de peso podem ser combatidas com massagens, pharmacy exercícios e sapatos confortáveis.

Conheça a linha de produtos da Invel para cuidados com as pernas e pés.

Para viver um sonho, thumb ganhar a vida e sustentar a família, muitos têm que enfrentar dores quase inevitáveis. Os pés que carregam tudo e a coluna que não foi feita para tanto esforço são as partes do corpo que mais sentem. Na pesquisa com pessoas que têm dor crônica, 22% reclamam de problemas nos pés e pernas; 21% queixam-se da coluna.

“As pessoas que tinham dor de coluna e membros inferiores percebiam o impacto da dor muito maior. No trabalho, no relacionamento com as pessoas e nas atividades do dia a dia”, diz Karine São Leão Ferreira, pesquisadora do Centro de Dor do Hospital das Clínicas.

As causas de tanto padecer? Problemas circulatórios e, como sempre, o excesso de peso. Mas a fisioterapeuta que trata dos bailarinos do Teatro Municipal do Rio de Janeiro tem mais uma explicação. O corpo humano ainda não estaria adaptado plenamente à nova posição. Mas, afinal, de quem foi a ideia de andar sobre os dois pés?

“Quando a gente fica bípede, jogamos a sobrecarga toda nos nossos pés. Éramos para estar andando de quatro, no mínimo”, comenta a fisioterapeuta Roberta Lomenha.

Não bastasse o peso todo sobre os pobres coitados, tem gente que ainda usa requinte na tortura, como salto alto ou rasteirinhas.

“Se você for pensar que durante um dia você tem milhares de ciclos de baixa, ou seja, o seu pé tocando o solo e saindo milhares de vezes, estes calçados mais moles, mais flexíveis, vão ao longo do dia causar sobrecarga mecânica no pé”, alerta o ortopedista Alexandre Leme Godoy, do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas.

Nem rasteiras, nem saltos mirabolantes. O que os pés precisam é de proteção. Bons sapatos, clique aqui para saber mais.

São basicamente três características importantes:

  1. Solado: a interface do calçado com o chão precisa ser mais rígida;
  2. Contraforte: a parte de trás do calçado precisa ser firme para dar estabilidade ao tornozelo e para a região de trás do pé;
  3. Dedos:  A área onde ficam os dedos precisa ser ampla o suficiente para caber os dedos e não comprimi-los.
Autora: Isabela Assumpção
Fonte: Globo Repórter

Linha de produtos da Invel para cuidados com as pernas e pés.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Slider by webdesign