Atividades que reduzem dores na coluna

As dores na coluna geralmente são tratadas com tratamentos recomendados por médicos que, no rx muitas vezes, não são tão acessíveis ao paciente. Mas, existem outras maneiras de tratar as dores na coluna. Algumas atividades físicas ajudam a curar esse mal que incomoda bastante.

As atividades são recomendadas até para quem nunca praticou nenhum exercício físico. Mas, thumb antes de começar, escolha um que combine mais com você e não deixe de passar por uma avaliação física para saber se está tudo bem.

Atividades que ajudam a reduzir as dores na coluna:

1. Musculação
Recomendada em casos que a estabilidade articular está afetada, ed pois o fortalecimento muscular ajuda a restabelecer e resguardar a coluna, além de ajudar a realinhar a postura e a perda de peso.

2. Dança
Reduz os riscos de osteoporose. Além disso, também fortalece a musculatura e aumenta a flexibilidade e a consciência corporal. Ao prestarmos mais atenção aos movimentos do corpo, começamos a reconhecer os próprios limites, as articulações e, principalmente, a postura, buscando alinhá-la.

3. Natação
As atividades feitas na piscina são mais recomendadas para quem não pode sofrer altos impactos nas articulações. Além do fortalecimento muscular e dos benefícios para a postura, ela alonga e alivia a pressão sobre a coluna, aumentando a amplitude do corpo.

4. Hidroginástica
Assim como a natação, a hidroginástica é recomendada para combater a má postura, dores lombares e cervicais, insônia e sedentarismo. Gestantes e atletas também são beneficiados pela atividade, pois ela previne as dores que essas condições geralmente trazem e aumenta a circulação sanguínea das pernas.

5. Caminhada
Pode ser feita ao ar livre, sem custo. O simples fato de dar algumas voltas nos quarteirões próximos de casa ou andar no parque pode combater dores na coluna, nos joelhos e nas pernas e aumentar a força e a resistência, contanto que seja feita de forma correta, observando se a postura está alinhada.

Continue lendo no Abdômen Sarado>> 

Fonte: Abdômen Sarado

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Slider by webdesign