Estudo destaca importância da atividade física para dor nas costas

Pessoas com dor lombar aguda devem manter um bom nível de atividade física.
Patricia Olaya-Contreras, online pilule pesquisadora da Universidade de Gothenburg Sahlgrenska Academy, avaliou 109 pacientes com dor lombar severa. Metade dos participantes foi orientada a permanecer ativa, mesmo com dor, enquanto a outra metade foi aconselhada a ajustar seus níveis de atividade de acordo com sua dor.

Eles também foram convidados para gravar o número de passos que levaram a cada dia em um diário de sete dias, juntamente com a distância que eles foram capazes de percorrer no dia-a-dia e os seus sintomas físicos.

Olaya-Contreras, que usou a pesquisa para sua tese, descobriu que pacientes ativos tendiam a se recuperar mais rapidamente e eram menos propensos a sentirem-se deprimidos, embora sentissem mais dor durante o exercício. “A outra categoria, que tinha sido avisada desde o início para ajustar a sua atividade de acordo com a dor, tinha menos mobilidade e sentiam-se levemente deprimidos em comparação com os pacientes que estavam ativos”, revelou.
Pacientes que não se mantêm ativos podem ficar “presos a uma espiral descendente”, alertou Olaya-Contreras, assim como a inatividade pode aumentar as chances da evolução de uma dor aguda para uma condição crônica, a longo prazo.

“Os resultados da investigação e discussão associadas podem levar os doentes a adotarem um papel mais ativo e assumirem a responsabilidade pelo seu tratamento”

Um porta-voz da Arthritis Research, do Reino Unido, disse: “O exercício é a maneira mais importante de você ajudar a si mesmo se sentir dores nas costas A pesquisa mostra que o repouso na cama por alguns dias não ajuda a dor nas costas e na verdade, no longo prazo, ela fica pior à medida que os músculos em sua volta tornam-se fracos.

“O exercício pode fazer você se sentir um pouco dolorido no começo, mas não causa nenhum dano. Comece devagar e gradualmente aumente a quantidade de exercício que você faz. Com o tempo, suas costas ficarão mais fortes e mais flexíveis e isso deve reduzir a dor.”

Fonte: Arthritis Research UK

 

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Marco Mattos Santos disse:

    Ótimo post, sinto dores no dia seguinte pós treino de musculação, e vinha ficando preocupado, mas já estou mais aliviado!

    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Slider by webdesign